Agenda 21 – Um Breve Resumo

on .

O Desenvolvimento Sustentável do Planeta é um compromisso assumido por mais de 170 países na Conferência realizada durante a Rio-92, no Rio de Janeiro.

Nesta Conferência, a implantação da Agenda 21, foi o mais importante compromisso firmado entre os países, onde mais de 2.500 recomendações práticas foram estabelecidas tendo como objetivo preparar o mundo para os desafios do século XXI.

A Agenda 21 é um programa de ação, baseado num documento de 40 capítulos, que se constituí na mais ousada e abrangente tentativa já realizada, em promover, em escala planetária, um novo padrão de desenvolvimento, conciliando métodos de proteção ambiental, justiça social e eficiência econômica. Trata-se, portanto, de um documento consensual resultante de uma série de encontros promovidos pela Organização das Nações Unidas, com o tema “Meio Ambiente e suas Relações com o Desenvolvimento”. O ponto central nesse processo é o levantamento das prioridades do desenvolvimento de uma comunidade e a formulação de um plano de ação, tendo em vista a sustentabilidade e a integração dos aspectos sociais, econômicos, ambientais e culturais, dentro de uma visão abrangente, ou seja, em longo prazo. A Agenda 21 é sem dúvida alguma, um importante instrumento nesse caminho de mudanças.

A Declaração do Milênio - Objetivos do Milênio

on .

A Declaração do Milênio das Nações Unidas é um documento histórico para o novo século. Proclamada em setembro de 2000 em Nova Iorque.
Reflete as preocupações de 147 Chefes de Estado e de Governo e de 191 países.

Os líderes definiram alvos concretos, como reduzir para metade a percentagem de pessoas que vivem na pobreza extrema, fornecer água potável e educação a todos, inverter a tendência de propagação do VIH/SIDA e alcançar outros objetivo no domínio do desenvolvimento.Pediram o reforço das operações de paz das Nações Unidas, para que as comunidades vulneráveis possam contar com a ONU nas horas difíceis. E pediram-nos também o combate à injustiça, à desigualdade, o terror e o crime, e a proteção ao patrimônio comum, a Terra, em benefício das gerações futuras.

Carta da Terra

on .

A Carta da Terra é uma declaração de princípios éticos fundamentais para a construção, no século 21, de uma sociedade global justa, sustentável e pacífica. Busca inspirar todos os povos a um novo sentido de interdependência global e responsabilidade compartilhada voltado para o bem-estar de toda a família humana, da grande comunidade da vida e das futuras gerações. É uma visão de esperança e um chamado à ação.

Carta da Terra Kids

on .

"A Carta da Terra para Crianças tem como finalidade a divulgação dos princípios da Carta da Terra para público infantil. Isso foi possível graças a adaptação do texto original para uma linguagem acessível, possibilitando, assim, uma fácil assimilação dos seus princípios fundamentais.

Com texto de Sílvia Gonçalves, ilustrações de Leandro Bierhals e a organização de Valéria Viana, foram impressos no ano de 2002, graças ao apoio do Governo do Estado do Rio Grande do Sul - Governo da Administração Popular e UNICEF, uma tiragem de aproximadamente 15 mil exemplares, distribuídos, parte na Rede Estadual de Ensino, parte para as crianças que participaram do II FórumZINHO Social Mundial.

Na continuação desse projeto, está prevista a tradução da Carta para outros idiomas, como o espanhol, o catalão e inglês. Além da Carta da Terra para Jovens e um projeto de escrita de uma Carta da Terra pelos protagonistas do Projeto Vivemos juntos, isto é, as crianças e jovens beneficiados pelo projeto." (Carta da Terra para Crianças encontrada aqui: http://www.cartadaterra.org/ctcriancas.htm)

Carta da Responsabilidades Humanas

on .

Novos desafios: novas dimensões da responsabilidade

A inegável evolução das relações internacionais pode ser atribuída principalmente ao reconhecimento de dois acordos por parte dos países: a Declaração Universal dos Direitos Humanos, para a defesa da dignidade e dos direitos das pessoas, e a Carta das Nações Unidas, que tem como foco a paz e o desenvolvimento. Entretanto, nos últimos cinqüenta anos presenciamos mudanças radicais em todo o mundo.
Atualmente, a humanidade enfrenta novos desafios, em particular o da proteção do meio ambiente para as gerações futuras. É certo que esses dois acordos necessitam ser ampliados para outras dimensões para responder aos desafios do presente e do futuro. A responsabilidade está sendo proposta como um conceito ético que reforça os valores dos direitos e da paz, e é fruto de uma visão de mundo solidária que surge para assegurar a existência do planeta Terra e seus habitantes.

leia mais acessando: http://interconexao.files.wordpress.com/2008/06/cartadasresponsabilidadeshumanas.pdf