ARTE-EDUCADORA conta SUA EXPERIÊNCIA com os "Pintores com a Boca e os Pés”

on .

Minha experiência com os “ Pintores com a Boca e os Pés” ou seja, artistas que pintam com a boca e com os pés, foi uma das que mais me deu prazer. Conhecer pessoas que, apesar da enorme dependência física em que viviam, devido à falta de membros tão necessários como os braços, superavam tal dificuldade, com esse surpreendente tipo de arte.

Eles entravam nesta instituição, que é internacional, levados por um agente da Associação, que os descobria, não objetivando atender suas necessidades financeiras, mas para elevar cada vez mais o padrão dessas obras, por meio de estudos, que permitiam o aprimoramento de suas técnicas.

Dessa forma, essas pessoas conseguiam também elevar sua auto-estima, descobriam
novas perspectiva de vida e um potencial que nunca imaginaram ter. Relacionavam-se com outros artistas, com os quais viajavam para encontros internacionais.

Estavam sempre desejando um maior aperfeiçoamento artístico, inclusive para nunca
perderem a bolsa de estudos. Esqueciam completamente a deficiência e as dificuldades.

Esta visível superação, pura resiliência, me contaminava e eu estive por alguns anos totalmente envolvida com este grupo. Não preciso dizer o quanto aprendi com eles, o quanto eles me ajudaram na superação daquilo que eu julgava ser " meus problemas". Deixo aqui registrados meu reconhecimento e minha homenagem a estes primorosos e valentes artistas.
 

Suely Costa