Lançamento do Observatório Litoral Sustentável

on .

Com o objetivo de atender a demanda da sociedade civil e dos governos de verem as ações das Agendas de Desenvolvimento Sustentável serem implementadas, o Instituto Pólis lança o projeto Observatório Litoral Sustentável. O Observatório dará continuidade ao processo participativo desencadeado pela fase anterior do projeto Litoral Sustentável – Desenvolvimento com Inclusão Social, que buscou fomentar a discussão sobre o desenvolvimento sustentável na região.

O lançamento na Baixada Santista será dia 29 de abril, às 17h30, em São Vicente, na Câmara Municipal (Rua Jacob Emerich, 1195 – Centro). O evento do Litoral Norte será no 6 de maio, às 17h30, em Caraguatatuba, no Hotel Atlântico Sul (Rua Sebastião Mariano Neppomuceno, 77, Centro).

As Agendas de Desenvolvimento Sustentável – conheça o documento clicando aqui – são contribuições para o desenvolvimento integrado da região e dos municípios. As ações das agendas foram elaboradas a partir dos Diagnósticos Urbanos Socioambientais, composto por estudos e análises técnicas, além das propostas da sociedade civil e gestores municipais da Baixada Santista e Litoral Norte. A elaboração das Agendas contou também com a participação do governo do Estado e do governo Federal.

 

O Observatório do Litoral Sustentável, realizado em convênio com a Petrobras, atuará em 13 municípios do litora paulista – Santos, São Vicente, Guarujá, Praia Grande, Itanhaém, Mongaguá, Peruíbe, Caraguatatuba, Ubatuba, São Sebastião e Ilhabela.

O projeto irá trabalhar no empoderamento da sociedade civil e governos locais por meio de capacitações, divulgação de informações e monitoramento de dados atualizados sobre a região. As capacitações tratarão de temas relacionados ao acesso de financiamentos estaduais e federais tanto pelas prefeituras quanto pelas organizações da sociedade civil. A equipe do projeto também irá elaborar indicadores e monitorar as dinâmicas regionais da Baixada Santista e Litoral Norte, com formação de um Banco de Dados Regional.

O Observatório irá articular a sociedade civil, o setor privado e o Poder Público, por meio de instâncias participativas, os Comitês e Núcleos Regionais a ser constituídos, respectivamente, na Baixada Santista e Litoral Norte. O Observatório terá ainda as Câmaras Temáticas que serão criadas no decorrer do processo, a partir das prioridades estabelecidas pelos integrantes dos Comitês e Núcleos Regionais. Estes espaços serão abertos e organizados por temas e debates para estimular ações específicas.

www.litoralsustentavel.org.br/noticias/lancamento-do-observatorio-litoral-sustentavel/